quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Fotos do Ramadan

O Ramadan chega na metade para o alívio de muitos, inclusive dos muçulmanos - afinal não é nada fácil ficar tantas horas sem comer e beber, né?

Aproveitei para registrar cenas que não estava habituada a ver no meu dia a dia: restaurantes, bares, cafés, praça de alimentação... enfim, tudo escondido, tampado ou fechado.


Muitos restaurantes, dentro dos malls, não abrem durante o horário do jejum. Poquíssimas pessoas caminhando pelos corredores - algo difícil de se ver em Dubai. É uma paz fazer compras ou olhar vitrines.

Fui em um mall no final da tarde outro dia e confesso que passei sufoco. Fiquei mais de três horas lá e não podia beber e nem comer nada em lugar algum. Procurei alguma área que fosse liberada para não-muçulmanos e desisti!


Não consigo entender porque alguns lugares tampam tudo, como a praça de alimentação da foto, e não permitem que você coma lá. Só pode comprar take-away e você que se vire para comer em algum lugar.

Li no jornal do metro que se você for pego comendo, bebendo ou fumando em público no horário do jejum, inclusive dentro do carro, que pode levar multa de até 2,500 aed !!!! Uma parte da matéria até diz que pode ser preso por até dois meses.


Sinceramente? Não acredito que isso aconteça aqui em Dubai. Se for pra algo acontecer, será uma multa, mas normalmente as pessoas respeitam. Quem come ou bebe é turista ou alguém que esqueceu e o segurança avisa que não é permitido por conta do Ramadan e fica por isso mesmo.

O lado bom do Ramadan?



Muitas pessoas falaram que existem hotéis e restaurantes que fazem um banquete no horário de quebra do jejum (Iftar) e os preços são excelentes. Ainda não tive a oportunidade de conferir de perto.

Há diversas tendas/barraquinhas nos supermercados com doces típicos! Tudo ali super fácil de provar e comprar! São uma delícia!


Época de mais caridade (zakat): há uma forte divulgação deste tipo de campanhas. Nunca vi tantas reportagens sobre locais que aceitam voluntários para preparar e distribuir comida (Adopt A Camp, por exemplo, tem planos de distribuir mais de 3 mil pacotes com comida, água, escova de dente, travesseiros, meias, lençol etc); lojas perguntando se vocês quer colocar mais 5dhs (ou mais) no total de sua compra para ajudar instituções que cuidam de crianças pequenas e abandonadas; stands no meio do mall para coletar doações (roupas, comidas, material escolar etc) e por ai vai. Até as operadoras de celular oferecem formas de você doar algum dinheiro para essas instituições (donation channels).

4 comentários:

Eve disse...

Por mais que seja diferente a cultura, nao deixa de ser interessante. ;)

Bjs!

♀♥ كيارا ♥♀ ♀♥ Kiara ♥♀ disse...

Concordo com a Eve!


E com certeza, eu faria essas doações! E reservaria até um dia da semana para ser voluntária!

Manddy G. disse...

@ Eve: Interessante é mesmo! Só custa um pouco para nós, não muçulmanos, essa história de sem comida e bebida por praticamente o dia todo. Até mesmo restaurantes fora do mall ficam fechados!

@ Kiara: Esse período tem sido ótimo para conhecer as instituições sérias da cidade. Já ajudei algumas e digo que vale a pena se envolver nessas causas! É mto bonito ver a ação de todos!

;)

Beijinhos e obrigada pela visita!!

Manddy G.
Tour Dubai Guide

Profª Clê disse...

Manddy, amiga!Estava lendo o blog da Carol e achei o teu!Acho que nunca havíamos falado dele por e-mail...Gostei do blog!Também gostei das fotos do Mall no Ramadan...estava curiosa pra saber como eles escondiam a praça de alimentação...fica muito diferente mesmo!!!Saudades de ti,amiga!!!bjs,Clê.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...